Rua Afonso Pena, 89 - Farol |  tavares.executivo@acadeal.com.br | 82 3435-1305 

Unindo-se a entidades como Abras (Associação Brasileira de Supermercados) e Apas (Associação Paulista de Supermercados), a ABAD emitiu uma nota nesta quarta-feira (17), assinada pelo presidente Leonardo Miguel Severini, mostrando-se preocupada com as medidas de restrição impostas por prefeitos de algumas cidades brasileiras, que estão proibindo o funcionamento de estabelecimentos comerciais que vendem alimentos e produtos de higiene e limpeza. Veja abaixo os links das notas da Abras e Apas.

Para o presidente Leonardo, “não cabe, sob nenhum aspecto, discutir a essencialidade dessa atuação, uma vez que visa a suprir as necessidades básicas da população”. Ele lembra que a atuação da cadeia de cadeia de abastecimento – indústria, atacado distribuidor e varejo – é considerada atividade essencial, conforme determina o Decreto Presidencial 10.329/2020.

O presidente da ABAD salientou que dificultar o acesso a alimentos pode provocar convulsões sociais inoportunas nesse momento e concluiu a nota pedindo às autoridades que se concentrem na distribuição das vacinas.

Leia a nota da ABAD na íntegra:

 CLIQUE para baixar o PDF.

 

Rua Afonso Pena, 89 - Farol - Maceió, Alagoas  |  (82) 3435-1305  | tavares.executivo@acadeal.com.br